domingo, abril 16, 2017

Bruxaria

Hoje eu não chorei,
mas eu sinto a pele do meu rosto
como se nela estivessem
as lágrimas já secas.

Devem ser de outras vezes
que eu perdi o rumo
dentro de mim mesma.

Tudo escuro aqui dentro.
O apagão dentro de mim
e o medo de que a vida
seja essa escuridão.

O distanciamento da realidade.
O que é em fim de verdade?

O coração bate no estômago
na tentativa de engolir
tudo aquilo que faz perder o sono.

Eu entendo se te ofender
que de uma hora pra outra
eu não saiba de nada
e tudo que eu falei contradiga
tudo que eu quis dizer.

Quem você se apaixonou
tem um fantasma que não lhe conhece
vive apenas da dor.

E eu me divido em duas
pra não carregar comigo
o peso de estar sempre um pouco morta.
Abusada, destruída,
destituída do poder de escolha.´
Mais uma estatística.
Negligenciada e ferida.

Deve ter sido bruxaria
o que eu fiz pra sobreviver
sem perder a sanidade,
mas todo feitiço tem validade
e eu tenho procurado ajuda,
mas eu espero que você entenda
que vai levar um tempo
até eu me entender.


Nenhum comentário: