terça-feira, abril 26, 2016

Um poema pra você

A saudade mora no andar de cima
e as escadas que me levam, terminam
nas portas abertas do teu guarda-roupa
o som do violão parece o teu chorar e a tua risada
e eu me lembro de todas as nossas piadas
que nos mantiveram a salvo do escurecer.

Às vezes eu acho que ouço a sua voz,
tão reconhecível,
falando "vó", lá da sala,
ou gritando "to saindo",
quando ainda assim me esperava.

Eu quero que você viva para sempre,
porque eu não posso existir em um mundo
em que não há um Lucas para o meu sofrer
e um Lucas para o meu amar
e um Lucas para todos os meus abraços desesperados, 
que eu tenho segurado desde que você foi embora.

E se qualquer coisa fosse diferente
eu ainda gostaria de ser sua irmã,
pois não há posto melhor no mundo,
e não há maior satisfação,
do que chorar ao escrever um poema pra você.


Nenhum comentário: