sábado, junho 21, 2014

Ondine

Pra eu morar na praia,
pra ser mais morena,
pra lembrar mais o pai,
pra ser mais menina,
pra eu voltar aqui
e deixar você me ver,
entender que não era ontem
a gente ainda achava que era pra ser
quando na verdade era só pra gente crescer.

Vai, deixa a gente crescer,
que depois que eu ficar da cor que o Sol quiser
e amar o mar que nem sereia,
é que eu vou amar você.



Nenhum comentário: