quinta-feira, outubro 20, 2011

Fantástico.

Não é como se eu fosse a mais linda, não é como se eu fosse a mais inteligente, não é como se eu fosse a mais amigável. Eu só tenho sorte de ter certeza de quem eu sou e do que eu quero. Aparentemente incapaz de continuar com coisas imperfeitas e aparentemente sempre certa. Mas aparentemente aparências enganam.
Não falta humildade, falta confiança.
Para ser perfeito são necessários determinados defeitos.
Abre-se a mente para escancarar o coração,
Enquanto sem salvação nós continuamos correndo em vão.
E a gente esquece que para viver é preciso respirar. 
Falta coragem para abrir os olhos e sentir a retina queimar no sal de uma lágrima que não se precipita ao ver tudo que se perde enquanto tentamos nos enganar.
A verdade é fantástica e não dói mais do que ser de mentira. 

Não importa o quanto você tema crescer, eventualmente você deixa de ser quem era.

8 comentários:

Verônica Hiller. disse...

16 soando como 40.
é. bem-vinda ao clube.

Priscila Rôde disse...

Sendo alguém melhor, não importa.

Luna Sanchez disse...

Entendo bem o que disse sobre humildade e confiança.

=*

Fred Caju disse...

A mudança é inerente e sempre será.

Rafael Castellar das Neves disse...

É...inevitável, não é?

Gostei!

[]s

Mari disse...

"Time, time, time; see what's become of me while I looked around for my possibilities..."

Guilherme disse...

... e a gente esquece que para viver é preciso respirar. E quando nos vemos por inteiro no reflexo da vida que nos acontece entre sombras e sóis, respirar fundo pode ser sopro suficiente para virar mais uma página da nossa história. Somos versões daquilo que não somos mais; mas também do que viremos a ser.

Anônimo disse...

"Sendo que a verdade é fantástica e não dói mais do que ser de mentira. Não importa o quanto você tema crescer, eventualmente você deixa de ser quem era."

Perfeito, Fer.
A gente passa a vida esperando o que nao pode ter.
Primeiro, querendo ser quem nao é. Depois, lamentando ter deixado de ser quem era.



Um beijo, keep writting.
Fer Nogas