domingo, dezembro 19, 2010

Plans.

Tão vazio quanto um palavrão na boca de um bêbado 
e tão agoniado como uma bebedeira de uma noite só. 
Você sempre foi tão perdido quanto o tempo. 
Mas não dá pra dizer que foi só tempo perdido. 
E tá tocando Misfits aqui, mas eu queria mesmo era te tocar.
Queria te dar uns socos. 
Te berrar nos ouvidos uma ou duas vezes a tua canção favorita, 
ferrando com cada rima só pra ver se você acorda
e percebe que eu não vim até aqui só pra te ver ir embora.

Mas que merda garoto, eu só queria ser invisível,
só pra ser qualquer uma dessas que você acha linda.
Dessas que você acha em qualquer farmácia. 
E por conveniência, que seja a mais barata.
Só pra te esquentar enquanto você chora.
E eu sei que você chora ouvindo aquela música que você adora.
"Fingindo te afastar e blah blah blah"
Não sei quantas primaveras de uma banda que eu não gosto,
mas eu não me importo.
A gente já fez acordo por tão pouco,
porque não por menos agora?
Você finge que me adora e eu finjo que sou sua até o perder das horas.

Eu disse que ia embora e você disse adeus.
Mas meu Deus, não foi o que eu quis dizer...
Eu só quis dizer que eu ainda quero o teu cheiro no meu.
Entendeu?

15 comentários:

verônica hiller. disse...

e a dor é maior quando nós mesmo nos perdemos em nossas palavras ditas não querendo ser ditas.

impecável, como sempre.

Lαís Pαmelα :) disse...

Lindo por demais.
Isso aqui é tão singelo, tão tocante.
Beijos.

Evelyn. disse...

Aí sim. Sem aquela meiguice que não faz parte de você.

Vera disse...

Adorei!

Amanda Arrais disse...

"Eu disse que ia embora e você disse adeus.
Mas meu Deus, não foi o que eu quis dizer..."

Isso é triste. Às vezes a gente fala e quando viu, já é tempo pra se arrepender.
Adorei!

=*

Anônimo disse...

ora pois, apaixonou.

gabs. disse...

ora pois, apaixonou.

gabs. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Por que você faz poema? disse...

"Você diz 'já foi'
e eu concordo contigo
você sai de perto,
eu penso em suicídio"

Flavih A. disse...

Quantas vezes isso já aconteceu comigo.
Mas eles se vão mesmo...

Victor Moraes, disse...

"Eu disse que ia embora e você disse adeus." - Sensacional.
Sempre caímos nesse erro do reverso. Amor é de erros. Só assim é amor.

R disse...

Uma ida forçada, e um adeus fácil (ou não) de ser dito. Meu Deus, como você escreve bem! Prendeu meus olhos no texto até o último ponto final. Adorei o blog e tô seguindo.

Por que você faz poema? disse...

Nem sempre se é possivel entender.

sofiaszafman ♥ disse...

adoro *
E forca :)

mademoiselle joanne disse...

gostei imenso do teu blogue, parabéns =)