domingo, novembro 07, 2010

Are you feeling the heat?

Eu li no meu horóscopo que novembro não era um mês para relacionamentos. 
Um infortúnio. Então eu deixei tudo de lado e foquei em dezembro, 
ai também pensei ter visto, até tentei duvidar, 
porém acabei confirmando: 
Não era um ano para relacionamentos. 
Não foi um ano para muito se amar.
E não há grande coisa para outras amarras. 

E o pouco que se fez, se perdeu naquela noite - aonde o pouco foi muito 
e o resto era muito pouco 
pra ser qualquer coisa. 
E essa qualquer noite se tornou uma cena  muito mal ensaiada, logo que qualquer ousadia em potencial se tornou um pedido formal. 
E em meio a tamanha covardia, fiquei sem pescoço, sem palavrão, sem céu. 

Mantive-me, pela primeira vez, presa involuntariamente ao chão
E quando isso significa respirar então isso significa que eu quase nem chorei. 
Mas tive que piscar e  tive que sorrir pra casualidades.   
"Sem o amor eu me senti mortal.
Pronta para morrer, pronto para matar." 
Talvez seja assim que as guerras comecem, quando acaba o amor. 
Porque te juro que a vida pareceu um campo de batalha. 
Ai lembrei daquela música, 
"I got a soul, but I'm not a soldier"

E deixa eu te perguntar uma coisa,
Você ainda consegue ficar bêbado como antes?
De qualquer forma, é impressionante não ter alguém que você espere te ligar.
Te contaria como tudo isso me faz sentir, se agora, ao invés de hora de sonhar, já não fosse hora de dormir

Vem e me abraça que eu te embalo nestes tempos de mudanças, porque pra nossa discordância de tempo não há conserto, só sonhos mal feitos pra serem sonhados a dois num chuveiro.

Adiós.

14 comentários:

Sara. disse...

Adorei :D

Sue disse...

infelizmente é _x

Allan Rodrigo disse...

lindo texto, incrivel.

A primeira estrela disse...

A gente tem mania de romantizar tudo na nossa vida,há pessoas que conseguem ser felizes sozinhas sim!Viver já complicado e viver amando é um fator agravante.

GF disse...

Foi onde cresci, é muito calmo e bonito :D

Crônicas do Cotidiano disse...

Lindo....
Tempos de mudança ou mudanças de tempo?
Bjkss, lindo espaço e já te sigo!

Gabriela disse...

Muito lindo o seu texto. E triste, mas lindo.

camila souza. disse...

parece que seguir em frente as vezes e tão dificil!

Kamilla Rodrigues disse...

vc escreve muito bem *-*
colhendomorangos.blospot.com =*

gabs. disse...

aah, pois é.
estou na mesma, no mesmo barco, nessa de querer ser gostada.
foi o mesmo ano pra nós duas .-.

Marie disse...

adorei seu blog *_*
vs escreve muuito bem!
seguiindo

Lô Maciel disse...

Fernanda o seu blog tá lindo! Me encantei quando vi toda a dinâmica das fotos preto e branco e o desenho do beijo. Seus textos são belos.
Obrigada

Gleice Ribeiro. disse...

Amei seu blog, amei seu texto. awn, tudo aqui é muito muito lindo! *-*

Vera disse...

wow, adorei. está lindo :)
quanto ao comentário, gostava realmente de conseguir responder a isso, mas acho que (in)felizmente não precisamos de fazer grande coisa para nos apaixonarmos... basta deixar-nos levar só um bocadinho, quando damos por nós já não conseguimos sair dali.