terça-feira, maio 12, 2009

Jardim.

Presa entre as batidas do coração e os olhos que nem piscavam por simplesmente estarem fascinados com o nada. O horizonte finalmente estava limpo e claro.

Azul claro profanando contra a última noite.

Sentia na pele o Sol que secava as gotas de orvalho na grama verde. A pele encharcada da última chuva.

Raios batalhando no céu que a lua banhava.
A água que caia queimava.

Foram dias correndo por uma estrada desconhecida, conhecendo-a como ninguém conhecia. Mas agora, depois da tempestade, era calmaria. E ela estava ali, com a mente aberta, o passado fechado, e o corpo encharcado. Estava curada, braços abertos pro desconhecido infindável, dançando com o medo do futuro, pisando nas ilusões que a marcaram.
Os olhos estavam húmidos, mas eram de prantos passados. Os lábios estavam secos, mas era culpa do último beijo. Erros harmoniosos que costuravam na memória mais uma história pra se orgulhar, contar pro tempo que dói, mas vai passar. Foi assim que foi. É sempre igual, sempre vai mudar. Ela vai sonhar de novo. E vai brilhar de novo. E vai cair de novo noite nova. Trazendo consigo tudo que ela pode trazer.

E nessas noites chuva é prazer,
rosas são clichê e sofrer faz valer.

_

Conveniente dizer que passou-se um tempo

20 comentários:

[M]. Cartágenes disse...

Vida é troço engraçado. Crescer é bom!

- Nessa Alves ਏਓ disse...

Quee bonito (y)
Parabéns: saber usar as palavras é um tom de poucos.
Maas do que necessáriamente fala o seu blog?

beeijos :*

- Nessa Alves ਏਓ disse...

Quee bonito (y)
Parabéns: saber usar as palavras é um tom de poucos.
Maas do que necessáriamente fala o seu blog?

beeijos :*

Letícia Perini disse...

adorei, adorei! Que texto mais lindo :D

GueGue disse...

que bom que gotou! volte mais vezes! ebijos

Luana H. disse...

''rosas são clichê e sofrer faz valer.''

Maravilhoso!


Beijo e bom fds.

Luana Ferraz disse...

Lua, meus amigos me chamam de LUA também... E é um encanto pra mim, além do que, ser tão parecida com ela... Suas palavras são descritas, sutis e irradiantes...Que esse horizonte perplexo e cheio de vontades, esteja sempre limpo, para que o certo e o incerto tenha sempre uma boa saída...
Um beijo

Nasca™ disse...

as rosas já são clichê..
um mundo todo errado esse nosso

essa 3ª pessoa vive dentro de alguém,
creio eu.

ℓiiα, ♥ disse...

que texto lindo, amei o blog.
vou passar aqui mais vezes.

beijos.

† nane-chan † disse...

encantadora a forma com que usas as palavras.
Acabaste de ganhar mais uma seguidora.

Variado! disse...

E tudo recomeça!
Não é á toa que na Física o tempo é um "Grandeza".
Nossos sentimentos, sonhos, mudanças... são eles e juntos vão se tornando algo denominado como Vida, e este assunto rende e renderá até o fim de nossos dias...
Ótimo blog!

Empadilha disse...

essa curitibana é demais...escreve como ninguem...muito bom mesmo!
ah e se tiver sem nada pra fazer, escuta "meu" podcast(podrir), ai diz o que acho, xinga, escracha mais indica...
http://podrir.blogspot.com/

Bianca disse...

Texto bonito..
parabéns

Camila disse...

*-* melhor texto qe jah lii aki
ameeei muito.


bejoos

Mary West disse...

é delicioso quando percebemos finalmente o nosso cantinho nesse mundão todo.

Camila disse...

que texto lindo!

Duanny!. disse...

que lindo meniina!
talvez as lagirmas se misturemm as gotas, mas como você mesma disse. é conveniente dizer que o tempo passou! ;D

Flavih Jones disse...

Vc tem o dom das palavras.
Adoreii o post.

Beijo

Empadilha disse...

muito bom, como sempre!
ah e aproveitando, quando não tiver nada pra fazer, mais nada mesmo.rs...escuta "meu" podcast(podrir)é uma conversa informal entre amigos, tentando puxar p/ o lado engraçadO!
http://podrir.blogspot.com

LADY DARK ANGEL disse...

ACHEI UM POCO CONFUSO NO MEIO
MAS ENTENDI
BJOS