quarta-feira, abril 08, 2009

Oscilante e Vicioso.

Insegurança. O vento no rosto. Impaciência. Os minutos passando. Imaginação
agitada. Os degraus. Um pé atrás do outro. Insegurança.
Talvez eu. Talvez eles. Talvez ele.
No gosto do amargo a boca, queimava incessante na garganta, na mente. Ideias surgiam e logo se iam.
Se sorria, se ria. Não se parava e o tempo corria.
Oscilante, vacilante, na empolgação do instante, se agitava tudo na mente, não lembrava de quase nada tão quente, lábios, corpo.
O coração vibrante, era tudo inconstante e em constante movimento, no momento exato que eu achei dentro de mim o que eu sempre vi nos outros.
Mas uma história pra contar. Pra reler.
O coração pequeno e grande, na minha orelha fria teu peito.
Momentos rápidos para palavras infinitas.
Na língua o gosto de um cheiro.
A doença, o remédio, o álcool, braços, abraços.
Cravar os dentes.
Dente na pele, na memória.
Não há de ir enquanto me fizer sorrir.
Me faz sorrir.

_

Fechar os olhos,
E lembrar de tudo aquilo que eu não vi.
Sorrir até dormir.
Mentir até acreditar.
Chorar, sangrar,
Deixar escorrer tudo de mal que pode te afetar.
Provar do amargo sem saber o que é doce.
O eterno jogo de não saber se é lírio ou rosa.
Mas se constrói a prosa pra poder fugir.
Se isso se vai, então pra onde ir?

_

Eu não posso terminar com isso em plena Lua cheia.
Bom feriado.





11 comentários:

Bell Bastos disse...

Uhm, depois que você assistir ao trailer em 3D você me fala se assistir ou não... Melhor assim.

[M]. Cartágenes disse...

Primeiro: Lua Cheia minha preferida;

Segundo: Quem insiste numa mentira sem trégua ela acaba se transformando numa vedade (por isso o nazismo teve sucesso... ¬¬);

Terceiro: Bom ver uma atualização tua;

Quarto: Sinceridade basta!

Jillian disse...

hoho, brigada :) imagine eu então lendo seu texto. Lindo a maneira de como você escreveu. Parece até um flashback descrito ;)
Beijocas :*

Mary West disse...

Acho que lua cheia faz tudo parecer um pouco melhor.

T disse...

você tem 13 anos mesmo?
porque se tiver PQP
incrível como escreve desse modo!

. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Maria disse...

Oi Lua. Que versos lindos, meninas, Tens o dom!!!

Gostei de sua visita, sua presença e suas palavrs. E sim, tb exigo águas profundas como vc. Estamos então procurando o mesmo fim. Mágico, não?!

Meu beijo

B. disse...

Algumas pessoas elogiam o modo de como eu escrevo,mas quando venho em blogs como os seu acho que são tão pequena e que escrevo tão mal.
E inequesoravel a forma como você escreve lindamente .
Que dá ate vontade de fazer parte das suas Historias!

Lua cheia acalma com sua beleza conquista!é tão envolvente!

Fulana disse...

aaaaaa, essa lua cheia...

Teté disse...

Olá
obrigada pela visita ;]
parabéns pelo poema, esse dom creio não ter
hahaha
volte sempre
bom fds e feriado
bjoka

Nathália disse...

Você? 13 anos?
Não acredito!

Menina, você escreve bem demais.