sexta-feira, maio 05, 2017

Sobre passarinhos e prioridades

Quando eu crescer eu quero ser
a única que importa pra alguém.

Ser meu bem pra alguém pro meu bem
pro nosso bem fazer bem pra você também
só te querer bem, não desejar mal,
te dar asas e um ninho,
nós dois, quem diria,
um casal de passarinhos.

Voar longe.

quinta-feira, abril 20, 2017

terça-feira, abril 18, 2017

Sonho triste

Se ainda eu fosse outra
qualquer que não eu
e houvesse alternativa
qualquer que não essa
de não haver culpa nenhuma
em simplesmente desacreditar
deixar ir,
desaguar
ver onde leva o mar,
quando ninguém mais te amar.

Soltar,
desistir,
não deixar magoar,
desfazer,
limpar,
retirar,
sumir,
e eu mesma
nunca mais voltar.

Ir pra qualquer lugar de dor menor que essa
que é tudo e nada ao mesmo tempo.
Porque eu sou tudo e nada
e tudo e nada ao mesmo tempo.
O avesso do bonito,
o retrato do estragado.
Eu vou rezar pra você entender
que eu não sei bem onde estive
só sei que eu acordo aos poucos
e as vezes eu sou um sonho triste
e eu sinto um buraco onde
antes havia um sopro
era vento que vinha da praia
enrolado em sol
esquentando o pelo
de quem vê o mar
com olhos de quem sabe amar,
e eu não sei nem nadar.

Eu sinto falta de mim mesma
quando eu tenho que engolir
tudo que eu não posso falar.



domingo, abril 16, 2017

Bruxaria

Hoje eu não chorei,
mas eu sinto a pele do meu rosto
como se nela estivessem
as lágrimas já secas.

Devem ser de outras vezes
que eu perdi o rumo
dentro de mim mesma.

Tudo escuro aqui dentro.
O apagão dentro de mim
e o medo de que a vida
seja essa escuridão.

O distanciamento da realidade.
O que é em fim de verdade?

O coração bate no estômago
na tentativa de engolir
tudo aquilo que faz perder o sono.

Eu entendo se te ofender
que de uma hora pra outra
eu não saiba de nada
e tudo que eu falei contradiga
tudo que eu quis dizer.

Quem você se apaixonou
tem um fantasma que não lhe conhece
vive apenas da dor.

E eu me divido em duas
pra não carregar comigo
o peso de estar sempre um pouco morta.
Abusada, destruída,
destituída do poder de escolha.´
Mais uma estatística.
Negligenciada e ferida.

Deve ter sido bruxaria
o que eu fiz pra sobreviver
sem perder a sanidade,
mas todo feitiço tem validade
e eu tenho procurado ajuda,
mas eu espero que você entenda
que vai levar um tempo
até eu me entender.